Brincadeiras de antigamente

Playground Super Adventure Absolute | Brinquedos para Playground

Quem nunca ouviu falar das casas em árvores? E dos balanços e gangorras? E dos campinhos de futebol? Das casas de bonecas? Das escolinhas? As brincadeiras de antigamente exploravam o que estava à disposição das crianças. O tipo de brincadeira variava, muito, de uma região para outra, sempre explorando o que estava disponível. Os pais, é claro, ficavam atentos aos filhos, da mesma forma que fazem hoje, para evitar que se machucassem. E os riscos eram grandes.

Como sempre, as brincadeiras das crianças eram uma forma de se prepararem para a vida adulta. Faziam isso em forma de jogos e usavam objetos encontrados no ambiente, como brinquedos feitos de madeira, tecidos, metais, ossos, troncos e outros objetos. Tudo era pretexto para uma brincadeira. E quando não havia nada, usavam a imaginação. Contar histórias, fingir, simular, sempre, foram recursos à disposição da imaginação infantil.

As brincadeiras atendem necessidades básicas da formação humana, como as necessidades de afirmação social. Inicialmente, são simulações de atividades praticadas pelos adultos, mas, aos poucos, ganham finalidades mais concretas, como os jogos de conquistas, entre meninos e meninas, na adolescência e juventude. Por isso, as corridas, esportes, brincadeiras de esconder, gincanas, jogos de mesa, jogos de tabuleiro, contar histórias, cantigas, danças, entre outros, sempre estiveram presentes, nas relações sociais.

Nas casas de antigamente, as histórias eram contadas em bancos de madeira, colocados no jardim, em esteiras de taboa, estendidas na sala, em estrados, colocados em um canto, em colchões, estendidos em um grande quarto. Preparar o ambiente sempre foi importante, para que as brincadeiras de antigamente fossem mais seguras e interessantes. E é por isso, que, na infância e juventude de atualmente, os brinquedos para playground necessitam de preparação, produção especial e boa colocação, no ambiente, para facilitar seu acesso, desenvolver, na criança, o desejo de brincar, de forma segura e positiva.

Muitos ambientes, como os de antigamente, ainda podem ser recriados, hoje, com recursos da tecnologia moderna, como estrados, tapetes emborrachados, colchonetes, almofadas e outros recursos que podem preparar o cenário para toda a diversão que uma criança é capaz de criar. Afinal, somos, ainda, tão românticos, como antigamente.

Comentários

Este artigo ainda não possui comentários.
FAÇA UMA PERGUNTA!

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *