Com a reabertura descubra quais cuidados você deve ter ao permitir que seu filho possa brincar em playgrounds

Pouco a pouco, algumas cidades estão voltando a permitir que lojas abram. Depois disso, a tendência é que restaurantes voltem a funcionar, bem como parques, academias e playgrounds. Mesmo com a utilização desses espaços estando liberadas, o risco continua.

Vacinas seguem sendo pesquisadas

Os estudos, em busca de uma vacina seguem avançados, mas é preciso mais tempo para que ela esteja disponível no mercado. Além disso, não há um medicamento que cure as pessoas acometidas pelo coronavírus.

O tratamento é suporte, com antibioticoterapia, para impedir a instalação de infecção bacteriana secundária. Além disso, a administração de anticoagulantes vem sendo adotada por muitos hospitais, para que os pequenos coágulos, formados naturalmente após uma intensa ação do sistema imunológico, não prejudique o sistema cardiovascular.

Por fim, alguns hospitais ainda administram corticosteroides, prática comum no tratamento de pneumonias, para evitar lesões pulmonares. Seja qual for o protocolo adotado, não há um medicamento específico. Por isso, é preciso evitar que as crianças se infectam e isso vale também para a hora de brincar no parquinho. Veja alguns cuidados antes de deixar o seu filho voltar a brincar no playground do condomínio ou da pracinha!

O que fazer então?

A prevenção é sempre a melhor escolha. Por isso, evitar que a criança vá a espaços com aglomerações ainda é a melhor opção, enquanto o pico da pandemia não passa no Brasil. Contudo, se mesmo assim decidir ir com seu filho ao playground, veja alguns cuidados!

Evite horários de pico

Prefira descer com a criança para o playground em horários de menor movimento, assim diminuirá a exposição e o risco de infecção. Mesmo assim, antes de levar o seu filho, converse com ele.

Explique que não poderá se reunir em grupos com os amiguinhos e que precisará ficar distante deles. Caso a criança ainda não consiga entender isso, o mais indicado é evitar levá-la.

Máscaras

Tanto você quanto a criança devem usar máscara, por todo o tempo. Caso vá ficar mais de uma hora no local, leve máscaras a mais para que a criança e você troquem. Lembre-se de que no playground os pequenos suam. Assim, a máscara umedece rapidamente e precisa ser trocada.

Avalie o local

Antes de deixar a criança brincar, avalie o playground. Veja se os cuidados de higienização foram ampliados e se a caixa de areia está fechada. Ela não é indicada, pelo menos atualmente, pois a descontaminação é mais difícil.

Caso tenha espaço, considere ter um brinquedo em casa, para a criança brincar em segurança. Na Instrutoy Brinquedos temos ótimas opções!

Comentários

Este artigo ainda não possui comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *