Como são feitos os escorregadores de plástico

Escorregador Bogiunho | Brinquedos para Playground

Na hora da brincadeira, os escorregadores de plástico são um dos preferidos das crianças. Por serem simples e de fácil uso, não há uma criança que não goste de perder horas subindo e descendo dele.

Sabendo-se que as crianças têm predisposição a gostar desse brinquedo e que eles são muito mais seguros se fabricados em plástico, sobre uma estrutura de piso protetor, para evitar acidentes, fica a pergunta: Como esse brinquedo tão conhecido é fabricado? A resposta está presente no processo de roto-moldagem.

O processo de roto-moldagem é especialmente indicado para peças de grande volume e alta resistência. Também é ideal na produção de peças ocas e de grande porte (como os escorregadores), bem como para a produção de peças com dimensional reduzido, quando sua configuração não possibilitar sua produção através dos demais processos.

Os índices de produção são relativamente baixos, em comparação com outros processos empregados, visto que, estabelecendo esta comparação, sua produção é levemente mais demorada.

Nesse processo de roto-moldagem, o material que será moldado, nesse caso, termoplástico é inserido na cavidade do molde, em forma de pó, em quantidade adequada para atender aos requisitos de espessura do produto, estabelecidos e inspecionados, no caso dos brinquedos para playground, pelo INMETRO. A partir daí, o molde é fechado, colocado em um forno especial e girado vertical e horizontalmente.

Esse molde que continuará girando distribui o material, no início da fusão, sobre suas paredes, através do efeito proporcionado pela força centrífuga, formando uma película. Depois de um tempo, o molde tem que ser retirado do forno e resfriado, para manutenção adequada da forma despejada da peça. Mais para frente, o produto vai ser retirado do molde, quase sempre, manualmente.

Os brinquedos, então, serão projetados sem cantos vivos, que possam machucar as crianças. É bom lembrar, também, que a resina termoplástica e o pigmento utilizado para dar cor ao brinquedo são matérias primas atóxicas, não apresentando grandes perigos às crianças, que não correm o risco de inalar ou entrar em contato com nenhuma substância prejudicial.

A utilização do polietileno nos brinquedos apresenta vantagens, como a alta durabilidade da coloração e a ausência de farpas ou pontos de ferrugem. Além disso, sua manutenção é muito simples, podendo ser feita apenas com água e sabão.

A Instrutoy Brinquedos oferece diversos tipos de escorregadores, dos tipos Bogan, Toboguinho, Mount Play e Baleia.

Comentários

  1. Mônica Suppo

    Bom dia!
    Gostaria de saber se consigo aulas para montar uma fábrica em meu quintal desses brinquedos de Play, e onde compro as formas, matéria prima e fornos.

    Obrigada!

    Responder
FAÇA UMA PERGUNTA!

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *