O design visando a faixa etária

Você já parou para pensar na importância do design para os móveis, brinquedos e produtos voltados para as crianças?

Alguns cuidados básicos como uma extremidade arredondada ao invés de pontiaguda podem evitar sérios acidentes. Isso é válido também para os playgrounds, que precisam ser planejados e desenvolvidos de maneira que sejam o mais seguro possíveis, com design apropriado.

Playground Aventure AbsoluteEntenda mais sobre a importância dos playgrounds

Os playgrounds existem para que as crianças possam se exercitar e se divertir. Módulos para escalar, gangorras, cordas, balanços, escorregadores, entre outros brinquedos podem ser muito perigosos se não forem corretamente planejados. Para que isso não ocorra, ao vislumbrar esses equipamentos é preciso se preocupar com os parâmetros ergonômicos envolvidos nas atividades de uso, além das variações de uso do mesmo.

É nesse ponto que entra a necessidade de uma atenção especial ao design ergonômico, fazendo alterações que minimizem acidentes. Para isso, é importante ter em mente que esses brinquedos exigem que a criança tenha e desenvolva certas habilidades e faça uso das suas capacidades físicas, cognitiva e mental.

Acidentes e regras

De acordo com alguns estudos, 80% de todos os atendimentos médicos relacionados a playgrounds ocorrem por que os equipamentos não foram desenvolvidos como deveriam.

O IDEC (Instituto de Defesa do Consumidor) desde 1995 vem alertando sobre os problemas de concepção e manutenção em playgrounds e os seus riscos. Baseado nisso, em 1999 a ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas reunida com outros representantes desse segmento, criou a norma técnica sobre esse assunto: NBR 14350-1:1999 – Coletânea de Normas de Segurança de Brinquedos de Playground.

Por isso é importante, ao idealizar os equipamentos ou até ao contratar a empresa que fará as instalações no seu condomínio ou escola, verificar se ela é correta e se age de acordo com as normas. Com isso, garantirá que um momento de diversão não irá acabar em um acidente.

Comentários

Este artigo ainda não possui comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *