Regras e rotinas são importantes para a criança

Regras e rotinas são importantes para a criança

Regras e rotinas são características que se tornam indispensáveis no desenvolvimento infantil, são elas que fornecem sensação se segurança num mundo completamente novo e desconhecido. As crianças adoram a rotina. Comer no mesmo prato, na mesma hora, sentados na mesma cadeira. São pequenas coisas que passam segurança na hora de enfrentar o resto do mundo, pois isso atrai conforto.

Por exemplo, a certeza de ter um lanche após o cochilo o faz ter um sono mais tranquilo, poder escolher o mesmo brinquedo ou o mesmo livro os faz sentir, mesmo que por pouco tempo, no controle de seu destino, afinal, passar um dia todo com pessoas maiores que você lhe dizendo o que fazer a todo momento não deve ser fácil.

A rotina se torna um benefício até mesmo para os pais, bebês acostumados com a rotina entendem que, por exemplo, podem ir embora do parque sem chorar porque no dia seguinte voltarão lá para brincar novamente. E quando a mãe diz que “já volta”, ela realmente volta, então, nesses instantes de “solidão”, ele ainda se sente seguro e protegido. Esse é um bom truque para evitar o choro na hora que os pais precisarem sair, sempre usar a mesma frase, ou cantar a mesma música e fazer o mesmo carinho. E na volta, o ritual continua, repetindo uma frase de chegada ou pegando no colo.

Na hora de planejar a vida dos pais, a rotina também ajuda. Tudo fica mais tranquilo se existem horários fixos para acordar, fazer refeições, brincar e tomar banho. Isso não significa que esses horários não podem ser flexíveis, não torne sua casa um quartel, pois assim a rotina pode se tornar uma vilã. No domingo, por exemplo, permita-se acordar uma ou duas horas mais tarde, adiando as outras atividades. Apenas se lembre de voltar ao normal na segunda-feira.

Entretanto, como tudo na vida, uma rotina também tem dois lados. Se por um ela é boa e traz a sensação de segurança, por outro ela pode tornar a criança resistente a mudanças. Previna-se contra ataques e choros, se seu bebê gosta de fraldinha branca na hora do cochilo, as mantenha preparadas em casa, se gosta de um prato temático, tenha-o sempre a mão. Leve estes itens nas viagens. Pode parecer besteira, mas para a criança são grandes coisas, pois são as que ela tem a ocupação de se preocupar, são essas coisas que a fazem se sentir bem e segura. A partir dos três anos, a criança, inevitavelmente começa a entender que mudanças são necessárias e que acontecem naturalmente.

Comentários

Este artigo ainda não possui comentários.
FAÇA UMA PERGUNTA!

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *