Vantagem da grama sintética

Vantagem da grama sintética

Quem não gosta de ter um gramado vistoso e bem cuidado? Entretanto, cuidar de um gramado nem sempre é uma tarefa muito fácil. Além de tomar cuidado com as ervas daninhas, é preciso ter um controle a respeito dos insetos que, ocasionalmente, podem aparecer. Algo muito incômodo, principalmente em lugares particulares como playgrounds e condomínios.

Mas, para estes ambientes, as gramas sintéticas são a melhor opção, pois além de apresentarem um custo bem mais baixo, contam com a facilidade de manutenção. Por ser sintética, insetos, animas e ervas daninhas não causarão incomodo algum. Claro, um ou outro pássaro desavisado virá dar uma olhada no gramado, mas ao perceberem que não há sementes e nem insetos, logo alçarão voo para outros locais.

A grama sintética além destas vantagens, ainda não precisam ser aparadas como os gramados naturais e, a cor de suas folhas permaneçam as mesmas durante muito tempo. Segundo especialistas, a grama sintética bem cuidada pode durar até trinta anos.

Além disso, dispensa completamente o tratamento comumente dedicado a grama natural, ou seja, não precisa ser adubada, afiada ou aparada. Tudo que precisa ser feito é ser lavada de duas a três semanas para manter as folhas artificiais longe de poeira e outros resíduos que possam se instalar.

Não existe a necessidade de se preocupar se está frio ou quente demais, sendo que não existe a necessidade de replantio. Simplesmente ficará bela e vistosa durante todos os dias do ano, tendo sempre a impressão de um gramado saudável e bem cuidado.

Por esta razão, o gramado artificial é uma ótima opção para playgrounds e condomínios. Apresentam uma relação custo-beneficio bem interessante pelo fato de dispensarem cuidados que deveriam ser feitos periodicamente determinadas vezes por ano para um gramado natural. Podemos dizer que é até mais seguro em termos de riscos para a saúde já que, os gramados sintéticos não atraem insetos e muito menos roedores.

Comentários

Este artigo ainda não possui comentários.
FAÇA UMA PERGUNTA!

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *